Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Posts Tagged ‘Certificação Hídrica’

Sabia que…???

Posted by eficienciahidrica em 2010/07/27

… já existe um Modelo de Certificação Hídrica para alguns tipos de dispositivos utilizados diariamente em nossas casas como por exemplo, autoclismos de bacias de retrete, chuveiros, etc.???


Posted in Sabia que...??? | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

Aveiro procura caminho para a gestão sustentável da água

Posted by eficienciahidrica em 2010/07/25

Numa altura em que a EFICIÊNCIA está na ordem do dia, este projecto não poderia vir em melhor altura. A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro – Baixo Vouga (CIM Região de Aveiro) quer criar um Modelo de Certificação Hídrica para dispositivos, edifícios e espaços públicos e editar um guia para as boas práticas do uso sustentável da água. Além desta acção central, o projecto engloba a intervenção num conjunto de edifícios e espaços públicos. Após uma acção de diagnóstico, serão feitas propostas para beneficiação da Eficiência Hídrica, complementadas com acções de formação e sensibilização.

De acordo com José Ribau Esteves, presidente da CIM Região de Aveiro, o projecto está já executado a 30%. “Foi feita a planificação, a contratação dos recursos humanos, a escolha dos edifícios e jardins públicos, estando agora a ser elaborada o plano de monitorização para podermos avançar para a definição e implantação das medidas de melhoria da Eficiência Hídrica”, avança o responsável.

Para o edil, a boa gestão da água é um objectivo muito importante por questões de natureza ambiental e financeira. “A Água é um bem precioso que precisamos de gerir de forma racional”, afirma.

O projecto tem um orçamento global de aproximadamente 750 mil euros, com uma comparticipação FEDER do Programa Operacional da Valorização do Território de 520 mil euros (70%).

Fonte: Jornal “Água & Ambiente”, n.º 140 (Julho 2010)

Posted in 1. O Projecto, 1.6. Nas Notícias | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Programa Biosfera “Certificação e Rotulagem da Eficiência Hídrica de Produtos”

Posted by eficienciahidrica em 2010/03/31

No Programa Biosfera, com realização da FAROL DE IDEIAS, foi emitida há cerca de um ano na RTP2 uma reportagem que nos relata a introdução de um novo conceito a nível nacional que é a Certificação e Rotulagem da Eficiência Hídrica de Produtos que utilizamos no dia -a-dia em nossas casas e trabalho, desde as simples torneiras, sanitas até às máquinas de lavar roupa e louça. O Professor Silva Afonso, presidente da ANQIP (Associação Nacional para a Qualidade das Instalações Prediais) dá-nos a conhecer esta nova abordagem/conceito.

O que acha desta nova abordagem? É vantajoso? Numa próxima oportunidade irá ter este factor em conta aquando da aquisição de um produto? Ou terá apenas em conta…o preço?

Veja os 3 vídeos seguintes e dê a sua opinião…

 

Posted in Vídeos | Com as etiquetas : , , , , , | Leave a Comment »

Certificação Energética… e Certificação Hídrica!!!

Posted by eficienciahidrica em 2010/03/22

Face a uma questão pertinente entretanto colocada na nossa página do Facebook, gostaríamos de acrescentar mais alguma informação associada à mesma.

A questão foi: “Mas agora que estamos numa de eficiência hidrica não seria má ideia associarem um eficiência energética porque tem muito a ver um com o outro“, por André São Marcos.

E sem dúvida que a harmonização da classificação facilita a sua interpretação. É uma possibilidade possível de alcançar depois de atingido o principal objectivo deste projecto que é o desenvolvimento de um Modelo de Certificação Hídrica, mas para lá chegar existe um caminho a percorrer, informação a obter e a tratar, etc… de forma a que no final se consiga valores fidedignos, credíveis para a nossa realidade. Só para  fazer sentir um pouco das dificuldades inerentes a um projecto deste tipo, colocam-se as questões:

Será que os valores de consumo de um edifício como os Paços de um Concelho terá consumos semelhantes ao de uma Piscina Municipal? E o consumo de duas Piscinas é similar?

As resposta até poderão ser evidentes… ou não!!!???

Quanto à associação do consumo energético e o consumo de água, existe pelo menos um Sistema de Certificação que associa estes dois parâmetros (para além das Emissões de CO2). A sua designação é  DISPLAY®. Mais informação está disponível em

http://www.display-campaign.org/

Levantando um pouco o debate, nem sempre estes Sistemas atribuem muita importância ao Recurso Água como no exemplo atrás mencionado, atribuindo-se maior importância ao Factor Energia e às emissões de CO2.

Não se tendo até à data efectuado um estudo de base quanto ao Recurso Água e aos consumos associados em Edifícios e Espaços Públicos (Paços do Concelho, Piscinas Municipais, Pavilhões Gimnodesportivos, Escolas, Espaços Verdes, etc…) cabe a este projecto dar resposta a muitas das perguntas que se vão colocando, tendo como objectivo final chegar a um Modelo de Certificação Hídrica que possa servir de referência a nível nacional… e que permita classificar correctamente cada um dos edifícios e espaços públicos que frequentamos no nosso dia-a-dia.

Posteriormente não é de descurar uma associação com outros parâmetros (Consumos de Energia, emissões de CO2, etc.). Apenas acrescentar que já existem Sistemas que entram em linha de conta com estes e muitos outros parâmetros. Um exemplo a nível nacional é o Sistema de Certificação LiderA, que abordaremos neste blog ao longo deste Projecto.

Para os interessados no Sistema DISPLAY ® vejam os seguintes vídeos:

Posted in Actualidade, Vídeos | Com as etiquetas : , , , , | Leave a Comment »

O Projecto – Objectivos

Posted by eficienciahidrica em 2010/02/04

III. Objectivos

Considerando as necessidades de água dos vários sectores, o uso eficiente deste recurso trará claros benefícios para a sociedade sendo os objectivos deste Projecto:

  • Ocorrer numa poupança efectiva do uso da Água;
  • Demonstrar todos os benefícios que estão associados a pequenas alterações, que se reflectem no uso sustentável da Água e em ganhos económicos, sociais e ambientais;
  • Ocorrer a redução dos caudais de circulação de água que permita a redução de custos de manutenção de redes de águas domésticas e residuais que se traduzirá numa redução da factura mensal;
  • Ocorrer numa redução dos consumos energéticos e dos custos de tratamento de águas induzido pela redução do seu consumo;
  • Ocorrer numa inovação organizacional através da criação de uma plataforma de partilha de informação entre investigadores e técnicos, adequando as respostas às especificidades de cada município, ficando ainda dotados das ferramentas necessárias para poder contribuir para um quadro de apoio a outros agentes municipais;
  • Sensibilizar as comunidades locais para o problema das alterações climáticas, e para a necessidade do uso sustentável da Água;
  • Sensibilizar as unidades industriais produtoras de dispositivos para a adaptação dos seus produtos a estas soluções;
  • Replicar em outros municípios do país, principalmente nos municípios que sofrem de stress hídrico, como por exemplo os municípios do Alentejo e do Algarve;
  • Divulgar os resultados desta iniciativa através da publicação de indicadores de realização e de eficiência de consumos permitindo assim, ser um elemento justificativo de adopção deste modelo por parte dos outros municípios.

– A Aplicação

O resultado concreto e imediato que resulta deste projecto será o estudo e desenvolvimento de um Modelo de Certificação Hídrica de Edifícios, aplicado, numa fase inicial, aos edifícios propostos (ver Quadro 2) (clique para aumentar a imagem, sff).

A poupança de água será também um resultado, igualmente importante. Isto passa por pequenas acções que representam grandes poupanças, como por exemplo a adequação do uso de dispositivos ou a sua substituição, a adequação da utilização, o reaproveitamento de águas pluviais entre outras.

A título exemplificativo, um edifício com um consumo médio mensal na ordem dos 200 m3/água, tem um custo fixo mensal de cerca de 400,00€. Com a implementação de algumas das possíveis propostas resultantes da auditoria, será relativamente simples, e com um investimento reduzido, alcançar poupanças na ordem dos 25%, o que irá resultar na diminuição mensal do consumo de água para os 50 m3, e na redução da factura mensal em 100,00€.

 

Posted in 1. O Projecto, 1.3. Objectivos | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

O Projecto – Descrição Geral

Posted by eficienciahidrica em 2010/02/04

II. Descrição Geral

O projecto prevê a intervenção em diversos edifícios e espaços públicos (ver Quadro 1) (clique para aumentar imagem, sff ), ao nível do diagnóstico e de propostas de beneficiação da eficiência hídrica (no que se refere a edifícios públicos existentes) e de Certificação de Eficiência Hídrica de Edifícios Públicos (no que se refere a novos projectos a implementar), utilizando alguns destes edifícios/espaços para a implementação de projectos de demonstração (acções correctivas de melhoria).

O Projecto aprovado pelos Municípios da Região do Baixo Vouga e pela Universidade de Aveiro, denominada Eficiência Hídrica para Edifícios e Espaços Públicos – O Caminho para a Gestão Sustentável da Água terá um Valor de Investimento Global elegível de 744.093,76 € e será comparticipado pelo FEDER em 70% (520.865,63 €), resultantes da candidatura ao QREN – Eixo IX do Plano Operacional Valorização do Território “Desenvolvimento do Sistema Urbano Nacional”, Domínio de Intervenção “Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano”.

Os trabalhos de diagnóstico/auditoria/certificação serão complementados com acções de informação/formação e sensibilização (Edição de um Guia para as Boas Práticas do Uso Sustentável da Água, e ainda através da realização de seminários de divulgação dos resultados, acções de educação ambiental em escolas, etc.).

Pretende-se com o desenvolvimento desta iniciativa a criação de novas formas organizativas de partilha de informação entre os técnicos das autarquias e investigadores de apoio aos municípios para a implementação deste modelo de gestão eficiente da água, adaptado às especificidades de cada município.

O objectivo estratégico desta iniciativa só será atingido quando for incorporado por parte dos agentes económicos, públicos e privados que a gestão eficiente da água se traduza num conjunto de poupanças imediatas ao nível económico, mas também ao nível energético (redução de consumos de energia) e ao nível ambiental (redução de descargas e redução de emissões CO2).

A adopção destas preocupações de poupança e eficiência hídrica por parte de todos os munícipes é uma meta, a criação de condições técnicas e organizativas por parte dos municípios é o caminho que se pretende fazer, acompanhado por um envolvimento das associações industriais para a incorporação destas preocupações e ajustamento de produtos e processos a esta área (empresas produtoras de torneiras inteligentes, temporizadas, autoclismos eficientes, etc.).

– O Conteúdo Inovador

A inovação principal deste projecto passa pelo desenvolvimento e implementação a nível nacional do Modelo de Certificação da Eficiência Hídrica. A certificação hídrica de um espaço, para além da real poupança de água, irá representar uma promoção inovadora de espaços e edifícios públicos, na medida em que estes poderão ser “rotulados”, relativamente à sua eficiência, tal como acontece actualmente para as questões de eficiência energética (Classe A, B, C, D, E ).

Posted in 1. O Projecto, 1.2. Descrição Geral | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

 
%d bloggers like this: