Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Archive for Agosto, 2010

Sabia que…???

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/31

… um habitante de Moçambique consome, em média, menos de 10 litros de Água por dia, que na Europa o valor anda na ordem dos 200/300  litros e na América o consumo chega a atingir os 5oo/6oo litros de Água???


Anúncios

Posted in Sabia que...??? | Leave a Comment »

Frase da Semana

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/30

“A Água é recurso finito e vulnerável,  portanto um bem económico”


Posted in Frase da Semana | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Consumo de Água… no Projecto Ecocasa

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/27

Para complementar o post colocado anteriormente (ver link https://eficienciahidrica.wordpress.com/2010/08/27/mais-um-simulador-de-consumo-de-agua/) fica aqui mais uma reportagem passada nos meios de comunicação social falando essencialmente de dispositivos que permitem reduzir substancialmente  o consumo de água em nossas casas… permitindo assim tornarmo-nos  “Eficientes…Hidricamente”!!!

Mas não se esqueça… depende essencialmente dos nossos gestos!!!

Posted in Notícias, Vídeos | Leave a Comment »

Mais um Simulador de Consumo de Água…

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/27

A Quercus, em parceria com outras entidades tem vindo a desenvolver o Projecto Ecocasa. O nome por si só… diz tudo!!! Pretende criar avaliar e criar atitudes sustentáveis em nossas casas sendo o Recurso Água, como é evidente, um deles. A monitorização contínua dos consumos é, sem dúvida, uma das mais valias do projecto.

Para além do mais também foi desenvolvida uma aplicação que permite estimar qual o consumo de Água disponível no link  http://www.ecocasa.pt/simuladores/ConsumoAgua/consumoAgua.php.

Testem e façam uma avaliação do Vosso comportamento a nível ambiental!!!

Sejam Eficientes… Poupem Água!!!

Posted in Notícias | 1 Comment »

How To Conserve Water (Lifestyle & Home: Saving Money At Home)

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/26

How To Conserve Water (Lifestyle & Home: Saving Money At Home).

Posted in Vídeos | Leave a Comment »

Simulador de Consumo de Água em nossas casas

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/26

A EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, SA tem disponível no seu portal um Simulador de Consumo de Água que permite perceber qual será a quantidade de Água que nós consumimos em nossas casas. Simples de testar…  e porque não comparar posteriormente com a sua factura!?

Acedam à aplicação através do link http://www.epal.pt/epal/novosim.aspx.

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Ponha mãos à obra…

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/26

Posted in Cartoon da Semana | Leave a Comment »

87 Medidas a tomar para o Uso Eficiente da Água (PNUEA, 2001)

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/25

Desde o início do blog já se utilizou os termos ou expressões EficiÊncia Hídrica, Uso Eficiente da Água, Poupança de Água, Poupar, Reutilizar, etc. Mas como alcançar estes propósitos??? Assim fica mais uma pergunta que nos dá as 87 respostas possíveis…

Quais foram, e são ainda, as Medidas sugeridas no Plano Nacional para o USo Eficiente da Água (PNUEA, 2001)???

MEDIDAS APLICÁVEIS AO USO URBANO

Ao nível dos sistemas públicos
Redução de consumos de água
  • Medida 01: Optimização de procedimentos e oportunidades para o us o eficiente da água
  • Medida 02: Redução de pressões no sistema público de abastecimento
  • Medida 03: Utilização de sistema tarifário adequado
  • Medida 04: Utilização de águas residuais urbanas tratadas
Redução de perdas de água
  • Medida 05: Redução de perdas de água no sistema público de abastecimento
Ao nível dos sistemas prediais e de instalações colectivas
Redução de consumos de água
  • Medida 06: Redução de pressões no sistema predial de abastecimento
  • Medida 07: Isolamento térmico do sistema de distribuição de água quente
  • Medida 08: Reutilização ou uso de água de qualidade inferior
Redução de perdas de água
  • Medida 09: Redução de perdas de água no sistema predial de abastecimento
Ao nível dos dispositivos em instalações residenciais, colectivas e similares
Autoclismos
  • Medida 10: Adequação da utilização de autoclismos
  • Medida 11: Substituição ou adaptação de autoclismos
  • Medida 12: Utilização de bacias de retrete sem uso de água
  • Medida 13: Utilização de bacias de retrete por vácuo
Chuveiros
  • Medida 14: Adequação da utilização de chuveiros
  • Medida 15: Substituição ou adaptação de chuveiros
Torneiras
  • Medida 16: Adequação da utilização de torneiras
  • Medida 17: Substituição ou adaptação de torneiras
Máquinas de lavar roupa
  • Medida 18: Adequação de procedimentos de utilização de máquinas de lavar roupa
  • Medida 19: Substituição de máquinas de lavar roupa
Máquinas de lavar louça
  • Medida 20: Adequação de procedimentos de utilização de máquinas de lavar louça
  • Medida 21: Substituição de máquinas de lavar louça
Urinóis
  • Medida 22: Adequação da utilização de urinóis
  • Medida 23: Adaptação da utilização de urinóis
  • Medida 24: Substituição de urinóis
Sistemas de aquecimento e refrigeração de ar
  • Medida 25: Redução de perdas e consumos em sistemas de aquecimento e refrigeração de ar
Ao nível dos usos exteriores
Lavagem de pavimentos
  • Medida 26: Adequação de procedimentos na lavagem de pavimentos
  • Medida 27: Utilização de limpeza a seco de pavimentos
  • Medida 28: Utilização de água residual tratada na lavagem de pavimentos
  • Medida 29: Proibição de utilização de água do sistema público de abastecimento na lavagem de pavimentos
Lavagem de veículos
  • Medida 30: Adequação de procedimentos na lavagem de veículos
  • Medida 31: Utilização de dispositivos portáteis de água sob pressão na lavagem de veículos
  • Medida 32: Recirculação de água nas estações de lavagem de veículos
  • Medida 33: Proibição de utilização de água do sistema público de abastecimento na lavagem de veículos
  • Medida 34: Adequação da gestão da rega em jardins e similares
  • Medida 35: Adequação da gestão do solo em jardins e similares
  • Medida 36: Adequação da gestão das espécies plantadas em jardins e similares
  • Medida 37: Substituição ou adaptação de tecnologias de rega em jardins e similares
  • Medida 38: Utilização de água da chuva em jardins e similares
  • Medida 39: Utilização de água residual tratada em jardins e similares
  • Medida 40: Proibição de utilização de água do sistema público de abastecimento em jardins e similares
Piscinas, lagos e espelhos de água
  • Medida 41: Adequação de procedimentos em piscinas
  • Medida 42: Recirculação da água em piscinas, lagos e espelhos de água
  • Medida 43: Redução de perdas em piscinas, lagos e espelhos de água
  • Medida 44: Redução de perdas por evaporação em piscinas
  • Medida 45: Utilização de água da chuva em lagos e espelhos de água
  • Medida 46: Proibição de utilização de água do sistema público de abastecimento em piscinas, lagos e espelhos de água
Campos desportivos, campos de golfe e outros espaços verdes de recreio
  • Medida 47: Adequação da gestão da rega, do solo e das espécies plantadas em campos desportivos, campos de golfe e outros espaços verdes de recreio
  • Medida 48: Utilização de água da chuva em campos desportivos, campos de golfe e outros espaços verdes de recreio
  • Medida 49: Utilização de água residual tratada em campos desportivos, campos de golfe e outros espaços verdes de recreio
  • Medida 50: Proibição de utilização de água do sistema público de abastecimento em campos desportivos, campos de golfe e outros espaços verdes de recreio
MEDIDAS APLICÁVEIS AO USO AGRICOLA

Gerais
  • Medida 51: Melhoria da qualidade dos projectos
  • Medida 52: Reconversão dos métodos de rega
  • Medida 53: Adequação dos volumes de rega às necessidades hídricas das culturas – criação de sistemas de aviso de rega
  • Medida 54: Adequação dos volumes de rega às necessidades hídricas das culturas – condução da rega
  • Medida 55: Utilização de sistema tarifário adequado
  • Medida 56: Redução dos volumes de rega
  • Medida 57: Redução da área regada
Ao nível dos sistemas de transporte e na distribuição
  • Medida 58: Adequação dos procedimentos de operação de reservatórios
  • Medida 59: Redução de perdas no transporte e na distribuição
  • Medida 60: Adequação de procedimentos no transporte e na distribuição
  • Medida 61: Adaptação de técnicas no transporte e distribuição
Ao nível da rega por gravidade
  • Medida 62: Reconversão dos processos de fornecimento de água aos sulcos, canteiros e faixas
  • Medida 63: Adequação do dimensionamento de sistemas de rega por gravidade
  • Medida 64: Adequação de procedimentos na rega por gravidade
Ao nível da rega por aspersão
  • Medida 65: Adequação dos procedimentos na rega por aspersão: utilização de cortinas de v ento – sebes
  • Medida 66: Adequação dos procedimentos na rega por aspersão: controlo do escoamento superficial e erosão
  • Medida 67: Adequação dos procedimentos na rega por aspersão: rega em horário nocturno
  • Medida 68: Substituição do equipamento de aspersão f ixa em regiões ventosas
  • Medida 69: Adequação de utilização de aspersão com canhões semoventes
  • Medida 70: Adaptação ou substituição de equipamentos de aspersão móvel
Ao nível da rega localizada
  • Medida 71: Adequação dos procedimentos na rega localizada
  • Medida 72: Substituição do equipamento de acordo com a textura do solo
MEDIDAS APLICÁVEIS AO USO INDUSTRIAL

Gerais
  • Medida 73: Adequação de procedimentos da utilização da água na unidade industrial
  • Medida 74: Optimização da utilização da água na unidade industrial
  • Medida 75: Redução de perdas de água na unidade industrial
Ao nível do processo do fabrico industrial
  • Medida 76: Utilização de águas residuais do processo de fabrico
  • Medida 77: Substituição ou adaptação do processo de fabrico
  • Medida 78: Recirculação de água no processo de fabrico
Ao nível dos sistemas de transferência de calor
  • Medida 79: Recirculação de água no sistema de arrefecimento industrial
  • Medida 80: Utilização de água de outros processos no sistema de arrefecimento industrial
  • Medida 81: Utilização para outros fins de água de arrefecimento industrial
  • Medida 82: Utilização de água de outros processos no sistema de aquecimento industrial
  • Medida 83: Utilização de água de condensado para outros fins
Ao nível da limpeza de instalações e de equipamentos
  • Medida 84: Adequação de procedimentos na gestão de resíduos
  • Medida 85: Utilização de equipamento para limpeza a seco das instalações
  • Medida 86: Utilização de dispositivos portáteis de água sob pressão
  • Medida 87: Reutilização ou uso de água de qualidade inferior

Posted in Actualidade, Notícias, Para descontrair..., Sabia que...??? | 2 Comments »

Toca a Poupar… Água!!!

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/25

Posted in Vídeos | Leave a Comment »

Sabia que…???

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/24

… O Plano Nacional para o Uso Eficiente da Água (PNUEA, 2001) enumera 87 medidas para alcançar a Eficiência Hídrica…??? E que destas, 50 são aplicáveis ao Uso Urbano, 22 ao Uso Agrícola e 15 restantes ao Uso Industrial…???

Para aceder ao PNUEA ver site:  http://www.inag.pt/inag2004/port/quem_somos/pdf/uso_eficiente_agua.pdf

Posted in Sabia que...??? | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Frase da Semana

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/23

“A Água merece respeito. Se ela estiver doente, tu também estarás”


Posted in Frase da Semana | Com as etiquetas : | Leave a Comment »

Rega de Espaços Verdes através do Sistema de Rega de Telegestão de Água

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/19

O Sistema consiste num programa instalado num computador central que gere as mais diversas áreas de espaços verdes. Em cada uma dessas áreas existe um programador específico, ESP-SITE, que assume a dupla função de controlador e interface, comunicando via modem telefónico com o computador central.

A funcionalidade do sistema assenta no facto de ser possível ajustar-se a dotação ideal de água a regar em cada jardim. A dotação de água é qualificada a partir do registo das condições climatéricas, cujas variações se captam pela estação meteorológica, outra componente do sistema de telegestão.

No Concelho do Barreiro, o sistema de gestão centralizado de rega encontra-se implementado nas seguintes freguesias:

  • BARREIRO – 4 espaços verdes (Parque Catarina Eufémia, Jardim dos Franceses, Praceta Zamenhof, Av. Bento Gonçalves);
  • ALTO de SEIXALINHO – 3 espaços verdes (Parque da Cidade, Convento, Av. do Bocage);
  • VERDERENA – 1 espaço verde (Av. da Liberdade);
  • LAVRADIO – 1 espaço verde (Av. das Nacionalizações/Resistentes Anti fascistas).

Trata-se de um total de 10 áreas ou sites de telegestão. Cada site, por sua vez, é controlado por um programador que, em função da área verde de cada jardim, poderá conter até 36 estações de rega (sectores de rega).

Todo o sistema da Telegestão é composto por 167 estações ou sectores e controla o funcionamento de cerca de 1500 pontos de rega (aspersores e pulverizadores).

A área verde coberta pelo sistema da Telegestão é aproximadamente de 170.000 m2.

A extensão da Telegestão incide numa área de 9,6 km2 que compreende às freguesias do Barreiro, Verderena, Alto do Seixalinho e Lavradio, e representa aproximadamente 56% da área verde existente sujeita a conservação.

Os locais onde o sistema deverá a médio prazo ser alvo de melhoramento e actualização são os seguintes:

  • Av. Bento Gonçalves com 24 estações de rega;
  • Jardim dos Franceses com 5 estações de rega;
  • Parque Catarina Eufémia com 17 estações de rega;
  • Praceta Zamenhoff com 7 estações de rega;
  • Av. da Liberdade com 6 estações de rega;
  • Convento da Verderena com 14 estações de rega;
  • Av. das Nacionalizações com 16 estações de rega;
  • Av. do Bocage com 16 estações de rega;
  • Parque dos Casquilhos com 44 estações de rega.

Fonte: http://www.cm-barreiro.pt/pt/conteudos/municipio/urbanismo+e+ambiente/espacos+verdes/Rega+de+Espaços+Verdes+através+do+Sistema+de+Rega+de+Telegestão+de+Água.htm

Posted in Notícias | Leave a Comment »

 
%d bloggers like this: