Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Posts Tagged ‘espaços verdes’

Gestão Optimizada da Água de Rega na C.M.Lisboa

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/12

O Inverno de 2005, marcado pela reduzida precipitação, provocou uma maior consciencialização de todos relativamente ao problema, já existente, da gestão sustentável de um recurso natural tão precário como a água. Para a Câmara Municipal de Lisboa (CML) esta não é uma preocupação de agora. Desde 2002 que a CML, através da Divisão de Matas, está a desenvolver e a implementar o GOTAR, um sistema inovador de gestão racional da água de rega. Os Parques Recreativos do Alto da Serafina, do Alvito, Moinhos de Santana, Bela Vista-Sul, Quinta das Conchas (num total de cerca de 335.000 m2) são alguns dos locais onde já se encontra o GOTAR em funcionamento.

O software escolhido foi o ER-NT Network, desenvolvido em Portugal pela empresa EngiRega, baseado em tecnologias de desenvolvimento recentes e inovadoras e feito à medida das exigências especificas da Divisão. O GOTAR faz a monitorização dos parâmetros meteorológicos e da disponibilidade de água no solo. Os dados são depois cruzados com as necessidades hídricas das plantas o que permite definir a rega de cada espaço verde em tempo real.

Com o GOTAR a CML pretende atingir os seguintes objectivos:

  • Significativas poupanças de água (em média foi gasta metade da água que se gastava anteriormente);
  • Simplificação do controle da rega, que passa ser totalmente automática, seja nos grandes espaços verdes onde existem sistemas de controlo dedicados, seja nos mais pequenos em que um sistema central activa os programadores de rega por SMS;
  • Controlo de rupturas, que são automaticamente detectadas, reduzindo perdas de água e facilitando a organização dos trabalhos de manutenção;
  • Automatização de fontes com poupanças de água e energia;

Só no primeiro ano, o investimento feito foi recuperado só em poupança de água. Tomando como exemplo o Parque Recreativo do Alto da Serafina, em 2004 o consumo de água para rega foi estimado em 56,5% do total verificado em condições semelhantes, sem o GOTAR instalado. A poupança foi de 29.400 m3 de água correspondendo a uma poupança de €35.180.

Outra vertente do GOTAR é o aproveitamento dos recursos hídricos subterrâneos, nomeadamente nas zonas regadas do Parque Florestal de Monsanto. É neste sentido que a CML está a desenvolver um protocolo de colaboração com 3 institutos onde, entre outros objectivos, se pretende avaliar o potencial hidrogeológico das formações presentes no Parque Florestal de Monsanto, fazendo o seu aproveitamento para rega. A rega da zona sul do Parque da Belavista já é realizada exclusivamente com água de um poço, sem recorrer a água da rede da EPAL.

Outras áreas de actuação estão a ser desenvolvidas ao nível do município, nomeadamente na escolha pelos projectistas de plantas menos exigentes em termos de água, no aproveitamento de água residuais tratadas para rega e lavagens, etc., no sentido de contribuir para a gestão sustentável deste recurso tão escasso que é a água.

Fonte: http://lisboaverde.cm-lisboa.pt/index.php?id=4042

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , , | 2 Comments »

Desafios futuros devem condicionar os espaços verdes actuais

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/10

Temos de pensar não no clima que tivemos, mas naquele que vamos ter“. O alerta foi deixado por Antoni Falcón y Vernís, consultor de espaços verdes e antigo responsável pela gestão dos parques e jardins de Barcelona, durante o 6.º Congresso Ibero-Americano de Parques e Jardins Públicos – PARJAP Portugal 09, que se realizou em Junho de 2009, na Póvoa de Lanhoso.

A necessidade de adaptação aos desafios que se aproximam, com particular destaque para o aumento da população mundial e as alterações climáticas, foi uma das ideias centrais colocadas sob o foco das atenções durante todo o evento, subordinado ao tema “A sustentabilidade dos espaços verdes urbanos”. Nesse sentido para o consultor atrás mencionado, a chave da actuação, deverá estar na selecção de espécies vegetais adaptadas a um clima mais árido, no caso do espaço mediterrânico.

Rega deficitária como solução para poupança de água

A racionalização do uso da água foi outra das urgências identificadas pelos profissionais dos espaços verdes. A adopção de estratégias de rega deficitárias, que mantenham os espaços públicos ajardinados não no seu máximo vigor, como se pretende nos campos de produção agrícola, mas sim no seu limiar de qualidade visual, poderá ser uma solução importante a implantar. A proposta foi trazida por Isabel Valín Sanjiao, professora na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, onde está desde 2008 em desenvolvimento um projecto de desenho e manutenção para o uso sustentável da água nos jardins.

Além disso, apontou a investigadora, será igualmente fundamental que o desenho dos jardins tenha por base o conceito de hidrozonas, de forma a uniformizar as necessidades hídricas em cada espaço, e que sejam levadas a cabo avaliações simples e periódicas, que permitam corrigir falhas no sistema de rega. “Só se consegue um uso eficiente de água nas zonas ajardinadas se se souber quanto, como e quando devemos regar”, frisou.

Posted in Notícias | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

Curso de Rega Eco-eficiente – 12 a 15 de Outubro de 2010

Posted by eficienciahidrica em 2010/07/10

O jornal arquitecturas promove nos dias 12, 13, 14 e 15 de Outubro de 2010 o Curso de Rega Eco-Eficiente, em Lisboa.

Esta formação é dirigida a arquitectos paisagistas, engenheiros ambientais, profissionais de construção e manutenção de jardins e técnicos municipais da área dos espaços verdes e é ministrada pelo Eng.º Bartolomeu Perestrello, especialista em projecto e instalação de sistemas de rega.

Rega Eco-Eficiente é um curso que tem por objectivo dar resposta a uma necessidade de economizar e racionalizar a água (Eficiência Hídrica) utilizada para rega nos espaços verdes, proporcionando conhecimentos práticos para a concretização de projectos de rega sustentáveis.

Para mais informações e inscrições contacte através do email: arquitecturas@about.pt e/ou do telefone: 21 880 61 48

 

Posted in Eventos | Com as etiquetas : , | Leave a Comment »

 
%d bloggers like this: