Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Programa ECO.AP vai avançar em fase piloto

Posted by eficienciahidrica em 2012/03/12

E porque não para a Eficiência Hídrica???

O Ministério da Economia e do Emprego garantiu que o pograma ECO.AP vai avançar em breve mas, primeiro, numa fase piloto, estando já disponível para apreciação pública as linhas gerais do modelo.

O programa que foi lançado o ano passado tem como objectivo promover a eficiência energética na Administração Pública e  permitir ao Estado a redução da factura energética em 30% até 2020, nos respectivos serviços e organismos públicos, com a consequente redução de emissões de CO2. As economias energéticas serão potenciadas por contratos a realizar entre o Estado e as Empresas de Serviços Energéticos, especialistas em eficiência, previstos no Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética.

Está prevista a criação de um barómetro de Eficiência Energética para os edifícios do Estado e a contratação de Empresas de Serviços Energéticos (ESE), estimulando a economia através da actividade destas empresas ao abrigo de Contratos de Serviços Energéticos, regulados pelo Decreto-Lei n.º29/2011.

De acordo com a ADENE, na sessão foram dados a conhecer os primeiros resultados do piloto do Barómetro, o qual permitirá saber quanto e como se gasta, por forma a actuar de um modo mais enfocado em cada área, permitindo uma competição saudável entre entidades. Foi também anunciado que será colocada à discussão pública as linhas gerais do modelo de caderno de encargos-tipo e programa de procedimento-tipo do eco.ap e da melhor forma de participação das Empresas de Serviços de Energia neste programa.

A fase piloto do programa ECO.AP prevendo-se que abranja, até 2015, cerca de 300 edifícios e mais de 750GWh de energia, o que significa mais de 75 milhões de euros de factura energética. Ainda em 2012, será lançado o concurso para os primeiros 30 edifícios ou equipamentos do Estado, encontrando-se a Secretaria de Estado da Energia, em articulação com a DGEG – Direcção geral de Energia e Geologia, a ADENE – Agência para a Energia e outras entidades, a trabalhar já na montagem de diferentes instrumentos que apoiem a dinamização do programa.

Fonte: http://www.apea.pt/scid/webapea/defaultArticleViewOne.asp?categoryID=740&articleID=2260

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: