Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Água pode aumentar para evitar desperdício

Posted by eficienciahidrica em 2011/09/28

A ministra Assunção Cristas admitiu esta terça-feira no Parlamento que o preço da água pode também vir a aumentar. Questionada sobre a privatização, a ministra lembrou que a água é um recurso que custa dinheiro e que levar a água à casa das pessoas também custa dinheiro, defendendo que a associar um preço água pode ajudar a evitar o desperdício.

«Este recurso tem de ser devidamente valorizado. As pessoas têm de saber que a água custa dinheiro, a água não é para desperdiçar, a água é para ser usada com todo o cuidado e com toda a parcimónia e associar um preço a água favorece comportamentos mais cuidadosos, mais sustentáveis no que diz respeito ao uso do recurso da água», disse a ministra quando falava da disparidade das tarifas.  A ministra do Ambiente apontou o final de 2012 como prazo para conclusão do futuro modelo de gestão da água e rejeitou o desafio lançado pelo Bloco de Esquerda para um referendo quanto à matéria.

«Contamos ter o modelo todo reestruturado no final de 2012. A Águas de Portugal é para privatizar e a reflexão passa por perceber qual será o modelo mais adequado à situação completa que encontramos, num grupo com 42 empresas», afirmou Assunção Cristas, na audição na Comissão Parlamentar do Ambiente e Ordenamento do Território.

Quanto ao desafio lançado pelo deputado do Bloco de Esquerda (BE) Luís Fazenda para que os portugueses fossem ouvidos nesta matéria, a governante respondeu: «Foi muito clara a posição do partido que venceu as eleições em relação a esta matéria».

Respondendo às questões lançadas pelo deputado Paulo Sá (PCP) a propósito da privatização da água, a ministra apontou a necessidade de encontrar um modelo de regulação que inclua o regulador.

«Precisamos de um regulador a que o Estado diga o que deve ser a sua actuação. Quanto aos planos de investimento, nesta área, isto está também ligado ao trabalho que está a ser desenvolvido no que se refere à modelação das comparticipações dos fundos comunitários, nos projectos que têm verbas comunitárias», afirmou.

Fonte: http://www.tvi24.iol.pt/noticia.html?id=1284085&div_id=4071

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: