Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Archive for 28 de Setembro, 2011

Docente da UA integra grupo europeu de eficiência hídrica em edifícios

Posted by eficienciahidrica em 2011/09/28

As propostas que vão estar em análise envolvem o estabelecimento de requisitos mínimos de eficiência hídrica ou a classificação de edifícios

Armando Silva Afonso, docente no Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro (UA), foi convidado pela Direcção-Geral do Ambiente da Comissão Europeia a integrar o primeiro grupo de especialistas internacionais para a eficiência hídrica em edifícios. Este grupo de trabalho foi criado com o objectivo de proceder à identificação das medidas necessárias para assegurar, em toda a União Europeia, uma utilização sustentável, a longo prazo, de recursos hídricos em edifícios, para implementação no final de 2012 pelos países membros.

As propostas em análise envolvem o estabelecimento de requisitos mínimos de eficiência hídrica ou a classificação de edifícios. O grupo de especialistas internacionais terá ainda como missão, no âmbito da política relacionada com a crescente escassez de recursos hídricos em edifícios, a elaboração de sistemas de certificação para a reutilização de águas cinzentas e para o aproveitamento de águas pluviais, a criação de incentivos financeiros nestes domínios e a realização de acções de formação e informação para os cidadãos.

Fonte: Diário de Aveiro

Posted in Actualidade, Notícias | Leave a Comment »

Água pode aumentar para evitar desperdício

Posted by eficienciahidrica em 2011/09/28

A ministra Assunção Cristas admitiu esta terça-feira no Parlamento que o preço da água pode também vir a aumentar. Questionada sobre a privatização, a ministra lembrou que a água é um recurso que custa dinheiro e que levar a água à casa das pessoas também custa dinheiro, defendendo que a associar um preço água pode ajudar a evitar o desperdício.

«Este recurso tem de ser devidamente valorizado. As pessoas têm de saber que a água custa dinheiro, a água não é para desperdiçar, a água é para ser usada com todo o cuidado e com toda a parcimónia e associar um preço a água favorece comportamentos mais cuidadosos, mais sustentáveis no que diz respeito ao uso do recurso da água», disse a ministra quando falava da disparidade das tarifas.  A ministra do Ambiente apontou o final de 2012 como prazo para conclusão do futuro modelo de gestão da água e rejeitou o desafio lançado pelo Bloco de Esquerda para um referendo quanto à matéria.

«Contamos ter o modelo todo reestruturado no final de 2012. A Águas de Portugal é para privatizar e a reflexão passa por perceber qual será o modelo mais adequado à situação completa que encontramos, num grupo com 42 empresas», afirmou Assunção Cristas, na audição na Comissão Parlamentar do Ambiente e Ordenamento do Território.

Quanto ao desafio lançado pelo deputado do Bloco de Esquerda (BE) Luís Fazenda para que os portugueses fossem ouvidos nesta matéria, a governante respondeu: «Foi muito clara a posição do partido que venceu as eleições em relação a esta matéria».

Respondendo às questões lançadas pelo deputado Paulo Sá (PCP) a propósito da privatização da água, a ministra apontou a necessidade de encontrar um modelo de regulação que inclua o regulador.

«Precisamos de um regulador a que o Estado diga o que deve ser a sua actuação. Quanto aos planos de investimento, nesta área, isto está também ligado ao trabalho que está a ser desenvolvido no que se refere à modelação das comparticipações dos fundos comunitários, nos projectos que têm verbas comunitárias», afirmou.

Fonte: http://www.tvi24.iol.pt/noticia.html?id=1284085&div_id=4071

Posted in Actualidade, Notícias | Leave a Comment »

 
%d bloggers like this: