Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Caso de Estudo

Posted by eficienciahidrica em 2011/08/01

O Projecto

Com o objectivo de implementar o sistema de recuperação de água das três torres de arrefecimento do LoureShopping, foi necessário em primeira instância, analisar a situação existente a fim de projectar um sistema o mais eficiente possível, com base numa análise custo/benefício plausível, ponderando o investimento necessário e a simplicidade de instalação necessária.

Depois de executada esta análise preliminar o sistema de tratamento de água foi definido de acordo com as respectivas necessidades de reutilização. Posteriormente, a instalação foi meticulosamente montada e abrangeu a colocação de contadores de forma a ser possível contabilizar todos os consumos do sistema e a respectiva eficiência.

Através do sistema instalado, a água, que até então era desperdiçada, por via de descarga, na rede de águas residuais, é agora recolhida em dois depósitos, sendo posteriormente reencaminhada para um sistema de desferrização, filtração e osmose, de forma sequencial.

A água tratada pelo sistema implementado segue dois fluxos. O primeiro destina-se à sua reintrodução nas torres de arrefecimento, resultante do tratamento por osmose inversa. O segundo destina-se à reutilização nas instalações sanitárias, após passar pela fase de filtração e desinfecção, com radiação ultravioleta (UV). De forma sumária, este projecto de implementação de um sistema de recuperação de água no LoureShopping, permite a recolha de 20% do total de água consumida que, numa fase anterior, era desperdiçada na rede de águas residuais.

O sistema de tratamento implementado permite obter uma água de qualidade apropriada para ser reutilizada nos fins previstos, nomeadamente, nas torres de refrigeração e autoclismos dos WCs.

Resultados

Os resultados obtidos em cinco meses de operação demonstram a eficácia e eficiência na reutilização da água. O sistema foi implementado em Fevereiro de 2010, sendo que, entre Março e Julho, foi recuperado um total aproximado de 700 m3 de água, em que cerca de 77% é reencaminhado para as torres de arrefecimento e 23% para as instalações sanitárias. Tendo em conta que o custo da água por m3 é de 3,25 euros, foi possível recuperar 2.275 euros nestes cinco primeiros meses de operação do sistema.

Tendo por base o investimento inicial, que totalizou 38.900 euros, e efectuando uma extrapolação do ganho obtido nos cinco primeiros meses (2.275 euros) para um universo anual (5.460 euros), é possível aferir que o retorno do investimento se materializará num período de sete anos. Apesar do sistema implementado não ser 100% infalível (devido a possíveis fugas nas condutas de distribuição) e apresentar um período de retorno de sete anos, esta iniciativa permite demonstrar a importância que a procura constante de alternativas viáveis para a redução dos consumos de água significa para a Sonae Sierra, neste caso particular através da reutilização.

Poderá aceder ao documento com toda a informação na ligação seguinte.

Fonte: BSCD Portugal

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: