Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Rega Aperfeiçoada

Posted by eficienciahidrica em 2010/12/16

Uma parceria entre o Instituto da Água e a Câmara Municipal de Setúbal, com o intuito de optimizar o uso da água no sistema de rega de espaços verdes, através de novas práticas e métodos de gestão, foi aprovada no dia 21 de Julho de 2010, em reunião pública.

“O uso eficiente da água”, salienta o documento aprovado, “constitui uma área estratégica em matéria de gestão de recursos hídricos, revelando-se fundamental para a protecção do meio ambiente e para o desenvolvimento económico do município de Setúbal”.

A declaração-compromisso entre o Município de Setúbal e o Instituto da Água, relativa à parceria de assistência técnica especializada sobre as melhores práticas de uso de água em espaços verdes, surge no âmbito do Programa Nacional para o Uso Eficiente da Água – Bases e Linhas Orientadoras.

Neste programa, que estabelece metas de eficiência a atingir nos sectores urbano, agrícola e industrial, num horizonte de dez anos, uma das principais acções incide numa correcta rega de espaços verdes em áreas urbanas.

A optimização do volume de água utilizado na rega, bem como a promoção de origens de água alternativas – a rega de espaços verdes é geralmente realizada com água tratada com qualidade para consumo humano – como a utilização de água bruta ou a reutilização de águas residuais tratadas, são algumas boas práticas a promover.

No seguimento desta parceria, com um período de vigência de 14 meses, cabe ao Instituto da Água assegurar assessoria técnica para a melhoria de prática e métodos de operação e gestão de sistemas de rega em espaços verdes.

A realização de sessões de enquadramento e capacitação para técnicos da Câmara Municipal, assim como a execução de sessões práticas nos espaços verdes com vista à avaliação de eventuais problemas detectados são algumas das tarefas definidas na parceria, bem como todo o tipo de apoio técnico, assegurado pelo Centro Operativo e Tecnológico do Regadio (COTR).

Já à Autarquia cabe, entre outras medidas, identificar e seleccionar um espaço verde de utilização pública onde incidirá o plano de acção e assegurar o envolvimento dos técnicos nos trabalhos a desenvolver.

A implementação de práticas e métodos de operação e gestão que visem a melhoria da gestão dos sistemas de rega, com vista ao uso eficiente da água, são, igualmente, tarefas do Município.

Os custos provenientes pela prestação de serviços são suportados pelo COTR, estando a Câmara Municipal incumbida de assegurar os eventuais custos de investimento que vierem a decorrer do plano de acção definido.

Fonte: http://www.mun-setubal.pt/noticias/ReuniaoCMS21Julho2010.htm?WBCMODE=PresentationUnpublishedloginFOservicosloginFOser?print=1

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: