Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Facturas da Água aumentadas para “assustar”

Posted by eficienciahidrica em 2010/10/25

E se os preços fossem realmente verdade…!!!??? Poupe Água…

Em 2 dias, a Loja do Ambiente, na Póvoa, recebeu 200 reclamações por causa dos elevados valores da factura da Água. A conta foi propositadamente aumentada a 900 consumidores que não davam leituras há mais de 6 meses, a fim de força o acerto.

“As reclamações dizem respeito a pessoas que não deram as leituras em devido tempo ou não deram o acesso [aos fiscais] aos contadores. Foram cerca de 900 consumidores, cuja factura foi aumentada, este mês, por não terem leituras reais há mais de seis meses”, explicou o presidente da Câmara da Póvoa, Macedo Vieira.

A questão foi levantada na reunião do Executivo, pelo socialista Renato Matos, que, perante as inúmeras queixas que diz ter recebido de aumentos “anormais” da factura, defendeu a criação de uma comissão de acompanhamento do tarifário da água, que entrou em vigor em Agosto.

“As pessoas não são obrigadas a pagar logo. Mal recebem a factura, se se dirigirem à Loja do Ambiente, marcamos de imediato uma visita ao contador, fazemos o acerto e corrigimos a factura, caso o valor não corresponda ao real”, explicou o vereador do Ambiente, Aires Pereira, acrescentando que o aumento, aplicado a 900 consumidores, teve como objectivo forçar as pessoas a permitirem a leitura de contadores, no âmbito do programa de combate às perdas de água.

“As pessoas não são obrigadas a pagar logo. Mal recebem a factura, se se dirigirem à Loja do Ambiente, marcamos de imediato uma visita ao contador, fazemos o acerto e corrigimos a factura, caso o valor não corresponda ao real”, explicou o vereador do Ambiente, Aires Pereira, acrescentando que o aumento, aplicado a 900 consumidores, teve como objectivo forçar as pessoas a permitirem a leitura de contadores, no âmbito do programa de combate às perdas de água.

Macedo Vieira lembrou que, desde o início da “guerra às perdas”, em Abril, têm sido detectados muitos casos de consumidores “que davam leituras erradas” ou que não abriam a porta “há meses”. Agora, volvidos seis meses de fiscalização, a Câmara duplicou a factura dos que continuaram a não permitir contagens.

Ainda assim, diz Vieira, 200 reclamações “não é motivo para grandes preocupações”, embora admita que a Loja do Cidadão registou, nos dois últimos dias da semana passada, um fluxo anormal de 300 pessoas por dia.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: