Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Desafios futuros devem condicionar os espaços verdes actuais

Posted by eficienciahidrica em 2010/08/10

Temos de pensar não no clima que tivemos, mas naquele que vamos ter“. O alerta foi deixado por Antoni Falcón y Vernís, consultor de espaços verdes e antigo responsável pela gestão dos parques e jardins de Barcelona, durante o 6.º Congresso Ibero-Americano de Parques e Jardins Públicos – PARJAP Portugal 09, que se realizou em Junho de 2009, na Póvoa de Lanhoso.

A necessidade de adaptação aos desafios que se aproximam, com particular destaque para o aumento da população mundial e as alterações climáticas, foi uma das ideias centrais colocadas sob o foco das atenções durante todo o evento, subordinado ao tema “A sustentabilidade dos espaços verdes urbanos”. Nesse sentido para o consultor atrás mencionado, a chave da actuação, deverá estar na selecção de espécies vegetais adaptadas a um clima mais árido, no caso do espaço mediterrânico.

Rega deficitária como solução para poupança de água

A racionalização do uso da água foi outra das urgências identificadas pelos profissionais dos espaços verdes. A adopção de estratégias de rega deficitárias, que mantenham os espaços públicos ajardinados não no seu máximo vigor, como se pretende nos campos de produção agrícola, mas sim no seu limiar de qualidade visual, poderá ser uma solução importante a implantar. A proposta foi trazida por Isabel Valín Sanjiao, professora na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, onde está desde 2008 em desenvolvimento um projecto de desenho e manutenção para o uso sustentável da água nos jardins.

Além disso, apontou a investigadora, será igualmente fundamental que o desenho dos jardins tenha por base o conceito de hidrozonas, de forma a uniformizar as necessidades hídricas em cada espaço, e que sejam levadas a cabo avaliações simples e periódicas, que permitam corrigir falhas no sistema de rega. “Só se consegue um uso eficiente de água nas zonas ajardinadas se se souber quanto, como e quando devemos regar”, frisou.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: