Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

Desperdício doméstico de Água em Portugal atinge anualmente 750 milhões de euros

Posted by eficienciahidrica em 2010/07/09

O desperdício doméstico de água em Portugal atinge anualmente 750 milhões de euros, situação que “exige medidas urgentes”, porque dentro de 15 anos haverá escassez desse recurso, alertou o presidente da Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais (ANQIP).

“São números assustadores”, afirmou hoje à Agência Lusa Silva Afonso, docente da Universidade de Aveiro e presidente da ANQIP, instituição criada há três anos com o objetivo de contribuir para a eficiência hídrica.

Estima-se que se percam anualmente três mil milhões de metros cúbicos de água, metade em meio urbano, em edifícios e redes públicas, acrescentou.

Para Armando Silva Afonso, que há alguns anos atrás foi presidente da Comissão de Coordenação da Região Centro (CCRC), esta situação é mais grave perante a perspetiva de Portugal ter problemas de água a partir de 2025, em especial no Sul, e estarem em causa valores monetários que representam 0,64 por cento do PIB (Produto Interno Bruto).

Por cada ano de atraso na aplicação de medidas de eficiência hídrica com a construção de novos edifícios são mais dois milhões de metros cúbicos de água desperdiçada em Portugal, salientou.

Estima-se que os gastos domésticos mais significativos de água, entre 70 e 80 por cento, sejam com chuveiros e autoclismos, e nesse sentido a ANQIP criou um sistema nacional de rotulagem de dispositivos comercializados.

De acordo com aquele responsável, apesar de ser um sistema voluntário já 75 por cento dos autoclismos no mercado estão rotulados, apostando agora a associação na rotulagem de chuveiros e torneiras.

O caudal normal dos chuveiros oscila entre os 12 e os 15 litros de água por minuto, mas o responsável desta associação estima que uma redução para seis litros por minuto, com associação de ar, preserva a sensação de conforto no banho.

Com dispositivos eficientes será possível “com facilidade poupar 30 por cento” naqueles consumos domésticos de água, salienta Silva Afonso.

A ANQIP, além de uma recente auditoria ao Estádio Universitário de Coimbra, em que concluiu ser possível poupar 37 por cento nos consumos de água, já tinha apresentado um projeto para o Loureshopping, com uma poupança de 24 por cento.

Atualmente tem eu curso auditorias a 33 edifícios públicos da zona de Aveiro e avançará com auditorias em hospitais de vários pontos do país, que são considerados grandes consumidores, e nos quais Silva Afonso prevê poupanças financeiras significativas.

Alguns municípios também já recorreram aos seus serviços para análise técnica de projetos e vistoria de obras referentes a redes de água e esgotos.

A ANQIP aconselha também a adoção de sistemas de aproveitamento da água das chuvas, e atualmente tem em curso um estudo de controlo da qualidade para a sua utilização na rega.

A Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais foi fundada há três anos, tem sede em Coimbra e agrega seis universidades e um total de 120 associados, públicos e privados.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Fonte: http://www.ionline.pt/conteudo/68490-desperdicio-domestico-agua-em-portugal-atinge-anualmente-750-milhoes-euros

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: