Eficiência Hídrica em Edifícios e Espaços Públicos…

… O Caminho para a Gestão Sustentável da Água!!!

O Projecto – Enquadramento

Posted by eficienciahidrica em 2010/02/04

I. Apresentação

Seguindo as orientações estratégicas nacionais e europeias, nomeadamente o Programa Nacional para a Política de Ordenamento do Território (PNPOT), o Programa Nacional da Água (PNA) e o Programa Nacional para o Uso Eficiente da Água (PNUEA), a gestão sustentável da Água para além de uma temática actual no panorama nacional, é também assumida como prioridade máxima para a região do Baixo Vouga, não só pela escassez do recurso em termos quantitativos, mas também em termos de qualidade.

A Sub-Região da NUTS III do Baixo Vouga, constituída por 11 Municípios (Águeda, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga, Vagos) é uma área que no contexto nacional, tem tido um desempenho claramente positivo no que respeita às questões da competitividade económica, social e ambiental.

O crescimento demográfico, as dinâmicas económicas e os novos estilos de vida tornam a Água um recurso cada vez mais escasso e valioso. As alterações climáticas vêm agravar este cenário.

A Água, enquanto recurso essencial da vida do Homem é característica marcante na Região. A água subterrânea do Cretácico, de excelente qualidade, está em depressão e teme-se a entrada de uma coluna salina que a inutilizaria. A gravidade desta situação é não só bem ilustrada pela proibição em vigor de abertura de novos furos neste aquífero mas também por no período do Verão existirem municípios com problemas de abastecimento de água. No projecto “Plano Municipal da Água” (Borrego et al., 2006) chegou-se há conclusão que a Água não é utilizada do modo mais eficiente, por exemplo, no que se refere à água utilizada para a rega, assim como o uso nos edifícios públicos. Exige-se assim um conhecimento pluridisciplinar e uma capacidade de intervenção que garanta a construção do Caminho para a Gestão Sustentável da Água.

Este Projecto constitui um novo patamar de exigência na gestão de recursos hídricos, promovendo a Eficiência Hídrica nos Espaços Públicos e lançando as bases para uma mais ambiciosa gestão ao nível Intermunicipal, iniciando um caminho que conduza à construção de um Modelo de Uso Eficiente da Água, ajustado às características e especificidades de cada município, quer para os edifícios e seus dispositivos quer para os espaços públicos, em suma um Modelo de Certificação Hídrica.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: